-- © 2014 Gramaticas --> self-tittled life
C   redit
Mas o que me interessa é você.
Chorão. (via carencias)
Talvez tivesse que ser assim.
A Hospedeira. (via theuraltalk)
Se não tem certeza do que sente, me faz um favor? Cala a boca e não diga nada.
Gramaticas.  (via gramaticas)
Nem sei direito que sentimento era aquele, sério, só que havia muito dele.
A culpa é das Estrelas.  (via inverbos)
Você está triste?
- Não, eu sou assim todo dia.
Caio Augusto Leite.  (via a-interrogada)
Amar não é nada fácil, apesar do amor ser simples. O amor é construção. E é justamente por isso que a gente deve esquecer tudo que aprendeu, tudo que imaginou e começar do zero. E recomeçar todo santo dia. Porque o amor é isso: um eterno recomeço.
Clarissa Corrêa.  (via romantizar)
Ninguém sabe como tenho andado, nem mesmo ela que me vê sorrir todos os dias. Acho que ela não suportaria a ideia de que estou me perdendo. Se eu que tenho ombros largos estou me sentindo tão pesado, tão triste, ela por si só, não aguentaria com esses pequenos e delicados ombros. É por isto que me distancio das pessoas e do mundo. Mas no final do dia fico tão atordoado com o sentimento de que poderia ter gritado, poderia ter me revoltado, feito birra, pedido colo. Também confesso que morria de medo de mostrar para o mundo o quanto estava frágil. Eles poderiam usar isto contra mim. Ou pior: não demonstrar nenhuma preocupação. Isto me matava cada vez mais.
— Os porquês de Amélia Roswell.  (via animicida)
A vida é como uma maré, quem não sabe surfar se afoga.
— Os 10 motivos.  (via animicida)
Parabéns pra vc que mesmo carente não fica com o primeiro babaca que aparece ✌
Eu sabia que era você quando só de pronunciar a palavra tchau eu já sentia saudades!
Zé Henrique J. Rejeitei  (via nadasocial)
Talvez eu caminhe por mais alguns dias nesses caminhos longos que nunca acabam. Talvez eu deixe passar algumas pessoas, talvez. Não sei por quanto tempo isso vai durar, não sei se vou ter paz um dia. Não quero ser um fardo pra ninguém, quero carrega-lo sozinha. Não venha mais me fazer promessas que sei, são em vão. Eu costumava acreditar em você antes, mas as coisas mudam e eu não quero mais ter que relembrar teu nome. Você foi como uma daquelas histórias mal contadas e que não precisam de um final, ela acaba por si só. Não vou ser irritante o suficiente pra te atormentar com essa minha solidão, mas quero que saiba que tudo que fiz por você, foi por amor. Nada de gratidão. Tudo que fiz, foi te amar incondicionamente e você me retornou com a solidão, você me destruiu e não há nada que eu faça para isso mudar. Estou caminhando por esses caminhos longos, nesses dias interminaveis, não sei se isso vai ter fim… Vou caminhando, nesses longos caminhos de dias longos. Não quero que isso acabe, talvez esse seja o meu remédio agora, o caminho. Os dias longos.
Pedaços de um falso eu. (via declamamor)